Garibaldi

Garibaldi fica localizada a 105 quilômetros de Porto Alegre, é um município com características peculiares. Colonizado por imigrantes italianos, teve forte influência da cultura francesa, transmitida pelas congregações religiosas de origem francesa, responsáveis pela educação dos habitantes durante décadas. Sua população foi estimada em 35.070 habitantes, conforme dados do IBGE de 2019.

Sua colonização foi feita por uma mistura de etnias europeias, mas, apesar da diversificação, a cultura italiana predomina. É a “terra do espumante”. As vinícolas são as maiores atrações: 80% do espumante e 60% do vinho nacional são fabricadas na região de Garibaldi e Bento Gonçalves. Vinícolas como “Peterlongo” (pioneira na fabricação de “champanhe” no Brasil, hoje é a única empresa existente no país a poder utilizar em seus rótulos essa expressão) “Chandon”, “Cooperativa Vinícola Garibaldi”, dentre outras, permitem a visitação e degustação. Diversos espumantes produzidos em Garibaldi já foram premiados como “melhores do mundo” em diversos concursos na Europa.

A “Capital Nacional do Espumante” recebe anualmente milhares de turistas de todos os cantos do Brasil. Além do centro histórico, há diversas rotas turisticas no município, tais como: Rota dos Espumantes, Estrada do Sabor, Rota Religiosa, Rota Passadas e a Maria Fumaça, um trem a vapor da década de 1940 que faz o percurso Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa.

■ PONTOS TURÍSTICOS

# 1 Centro Histórico de Garibaldi
O centro histórico, principalmente a rua Buarque de Macedo, fielmente preservado conserva dezenas de casarios do começo do século XX em perfeito estado de conservação. Calçamento em paralelepípedo, fios de energia subterrâneos, calçadas largas e postes de iluminação de época dão um charme único à essa parte da cidade. Ainda na Buarque de Macedo há a Praça Loureiro da Silva, popularmente conhecida como a Praça das Rosas que abriga a Piccola Garibaldi (traduzido do italiano, “Pequena Garibaldi”) – réplica da cidade no início do século XX.

# 2 – Igreja Matriz
A construção da Igreja Matriz foi uma iniciativa do Frei Bruno de Guillonay. Inspirado em projeto encomendado na França, o engenheiro Agostinho Mazzini foi o responsável pela execução. Além da arquitetura com linhas góticas, destacam-se os vitrais coloridos, as pinturas murais, o altar artístico, a estatuária e seu imponente órgão de tubos. A Matriz é o mais importante símbolo de religiosidade de Garibaldi.

# 3 – Museu de Garibaldi
O primeiro prédio original é de 1878, feito de madeira, e abrigava o Societa Italiana Conde D’Eu. Atualmente, é considerado o mais antigo prédio de alvenaria da Serra Gaúcha.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
O acesso a Garibaldi se dá pela RST-470 e pela RST 453. Para chegar até Garibaldi, quem vem de Porto Alegre deve subir a serra utilizando a BR-116, RS-240, RS-122 e a RS-446, que se encontra com a RST-470 em Carlos Barbosa.

A partir de Caxias, deve-se pegar a RST-453; e a partir de Passo Fundo, a RS-324 e a RST 470. A partir de Estrela, deve-se pegar a RST 453.

De Ônibus:
Estação Rodoviária de Garibaldi
Av. Independência,140
Fone: (54) 3462-2088

De Avião:
Aeroporto Estadual de Garibaldi
Pista asfaltada de 1.200 metros de comprimento e 30 de largura
Orientação: 29 16 06 S / 051 31 56W – altitude 680 metros (do nível do mar) rotaer
Informações: Aeroclube de Garibaldi – Telefone (54) 3462-1104

■ MAPA DA REGIÃO