Foto: Acervo/ICMBio

Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu possui 260 mil habitantes e está localizada na região de tríplice fronteira, entre Argentina, Brasil e Paraguai. Em Foz do Iguaçu que se encontram as “Cataratas do Iguaçu“, um conjunto de quedas d’água impressionante, com aproximadamente 275 metros de altura, que se tornou um dos patrimônios históricos da humanidade.

A cidade é um dos destinos turísticos mais importantes do Brasil e o mais visitado por estrangeiros do Paraná.

A cidade também abriga a “Hidrelétrica de Itaipu“, a maior do mundo em geração de energia, o Parque das Aves, o Marco das 3 Fronteiras e outros atrativos.

A Terra das Cataratas também possui um dos maiores parques hoteleiros do país. São ofertados aproximadamente 28 mil leitos. A realização de eventos também movimenta Foz do Iguaçu.

■ PONTOS TURÍSTICOS

# 1 Cataratas do Iguaçu
Com uma área de 185 mil hectares no lado brasileiro, e mais 55 mil hectares do Parque Nacional Iguazú, na Argentina, o parque protege uma importante reserva florestal. A fronteira entre os dois países e seus parques nacionais é feita pelo rio Iguaçu, que nasce próximo à Serra do Mar, em Curitiba, e percorre todo o Estado do Paraná, numa extensão de cerca de 1.300 km.

É possível fazer um passeios de barco e chegar bem perto das quedas e caminhar, observando a fauna e a flora únicas do local. As Cataratas do Iguaçu foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, em 1986. Sua biodiversidade atrai pesquisadores do mundo inteiro. São mais de 306 espécies de aves que se distribuem por toda área do parque.

# 2 Parque das Aves
Aliando ecoturismo à conservação ambiental, possui uma área de 16,5 ha, O Parque das Aves está localizado em uma das regiões mais ricas em biodiversidade do planeta e conta com aproximadamente mais de 1.100 aves oriundas de diversas partes do mundo onde o visitante tem contato direto.

Aves tropicais raras e coloridas voam em amplos viveiros integrados à exuberante floresta úmida subtropical. Os visitantes têm a oportunidade de entrar nesses viveiros para conhecer de perto a vida das aves. Além delas, jacarés, sucuris, jiboias, saguis e borboletas encantam os visitantes.

# 3 Marco das Três Fronteiras
No ponto em que fazem fronteira comum, Brasil, Argentina e Paraguai estabeleceram seus limites territoriais e selaram uma integração ao construir, no ano de 1903, obeliscos que passaram a ser chamados de Marco das Três Fronteiras. Cada qual tem um formato diferente e é pintado com as cores do respectivo país.

O marco brasileiro tem forma piramidal e seu mirante proporciona uma das mais belas visões da região fronteiriça, com vista panorâmica dos três países, podendo observar o encontro dos Rios Iguaçu e Paraná. O local dispõe ainda de estacionamento, loja de artesanato, lanchonete e playground.

# 4 Hidrelétrica de Itaipu
A Usina Hidrelétrica de Itaipu é um empreendimento binacional desenvolvido pelo Brasil e o Paraguai, com o objetivo de aproveitar o potencial hidráulico das águas do Rio Paraná. A hidrelétrica possui potência instalada de 14.000 MW, proporcionada por 20 unidades geradoras com capacidade de 700 MW cada, fornece 20% da energia consumida no Brasil e abastece 94% do consumo paraguaio.

A usina ganhou recentemente novas atrações, como a iluminação noturna da barragem. Sua grandiosa obra, já se consagra como um dos atrativos turísticos mais famosos do país, com locais que podem ser visitados na margem brasileira.

# 5 Ponte Internacional da Amizade
Ligando a cidade de Foz do Iguaçu, no Brasil, a Ciudad del Este no Paraguai, foi construída no período de 1956/1965. Para que não fosse prejudicada a navegação, por causa das cheias, concluiu-se que a ponte deveria possuir uma extensão de 552,40 metros e um vão livre de 303 metros, o maior do mundo em obra de concreto, até então com 13,50 metros de largura e altura de 78 metros, a partir do fundo do rio e 32 metros acima do nível da água. Localiza-se no ponto extremo oeste e final da BR 277 e liga Assunção pela Ruta 01 no Paraguai.

# 6 Ecomuseu
Inaugurado em 1987, com uma proposta diferente dos museus tradicionais, uma obra voltada para a ecologia da região. A abordagem principal de seu acervo é o homem criando técnicas. No circuito dividido em módulos, os principais fatos relativos à história da Itaipu e da região são contados de uma forma contemporânea e interativa.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
Saindo de Curitiba, é pela rodovia BR-277.

De Ônibus:
Rodoviária Internacional de Foz do Iguaçu
Avenida Costa e Silva, s/n°
Tel. (45) 3522-2590

De Avião:
Foz do Iguaçu possui um aeroporto internacional que recebe voos regulares de diversas regiões do Brasil e do mundo.

Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu
Rodovia das Cataratas, km 16
Tel. (45) 3521-4200

■ MAPA DA REGIÃO